TERMO DE GARANTIA

 

A garantia é valida pelo prazo total de 180 dias.

 

A garantia não se aplica ao mal uso do produto. (veja abaixo condições que anulam a garantia).

 

Em caso de defeito do aparelho o cliente deve notificar a GUIGON ELETRO através do e-mail disponibilizado no ato da compra, descrevendo o problema do produto, o nome do comprador e o modelo comprado. O prazo de resposta é de 1 a 3 dias uteis após o envio do e-mail relatando o problema. Constatado o defeito o aparelho será trocado ou reparado, sendo os dois fretes (coleta e retorno) pagos pela GUIGON ELETRO.

 

Passo a Passo de Troca:

1. O cliente nos informa por e-mail ou telefone o problema relatado.

2. A equipe da GUIGON ELETRO entrará em contato por e-mail ou telefone o mais breve possível. (máximo de 3 dias uteis)

3. A equipe técnica, constatando o defeito enviará para o comprador por e-mail um código de PAC Reverso, para o retorno do equipamento.

4. O comprador deverá entregar o produto embalado junto com o código de PAC Reverso em qualquer agência dos Correios, não sendo necessário efetuar qualquer tipo de pagamento.

5. A GUIGON ELETRO recebe o equipamento e analisa a possibilidade de manutenção, caso não seja possível, entramos em contato informando que o produto precisa ser substituído por outro do mesmo modelo e com as mesmas configurações, caso não haja o produto em estoque, ofereceremos duas alternativas, sendo elas:

 1. A possibilidade de substituição por outro modelo com a mesma configuração ou superior;

     2. Devolução do valor.

 

6. Embalamos o equipamento, geramos a etiqueta e postamos o produto nos Correios.

7. Enviamos por e-mail o código de rastreio.

8. O comprador recebe o produto.

 

CONDIÇÕES QUE ANULAM A GARANTIA

 

Danos Sofridos pelo produto em consequência de quedas acidentais, maus tratos, manuseios inadequado e instalação incorreta de softwares.

Usos de softwares que prejudicam o equipamento.

Defeitos causados aos acabamentos por limpeza inadequada (produtos químicos, solventes, abrasivos, lixa, esponjas dupla face, etc.)

Aplicação de peças não originais ou inadequadas, ou ainda adaptação de peças adicionais sem autorização do fabricante.

Uso em locais onde apresente substâncias químicas agressivas ao funcionamento ou que provoquem o mau funcionamento do produto.

Manutenção realizada por pessoa que não seja autorizada da empresa GUIGON ELETRO.

 

CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR

 

Art. 18. (...)

§ 1° Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso;

II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

III - o abatimento proporcional do preço.

§ 2° Poderão as partes convencionar a redução ou ampliação do prazo previsto no parágrafo anterior, não podendo ser inferior a sete nem superior a cento e oitenta dias. Nos contratos de adesão, a cláusula de prazo deverá ser convencionada em separado, por meio de manifestação expressa do consumidor.

(...)

§ 4° Tendo o consumidor optado pela alternativa do inciso I do § 1° deste artigo, e não sendo possível a substituição do bem, poderá haver substituição por outro de espécie, marca ou modelo diversos, mediante complementação ou restituição de eventual diferença de preço, sem prejuízo do disposto nos incisos II e III do § 1° deste artigo.

Art. 26. O direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação caduca em:

(...)

II - noventa dias, tratando-se de fornecimento de serviços e de produtos duráveis.

§ 1° Inicia-se a contagem do prazo decadencial a partir da entrega efetiva do produto ou do término da execução dos serviços.

 

Para ver a lei Nº 8078, de 11 de Setembro de 1990 completa referente ao Código de Defesa do Consumidor acesse <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8078.htm>

Voltar ao topo